PERFIL

Paulo Miguez

MINI-CURRÍCULO

Bacharel em Economia pela Faculdade de Economia da UFBA (1979), Mestre em Administração pelo Núcleo de Pós-Graduação em Administração da Escola de Administração da UFBA (1996) e Doutor em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Faculdade de Comunicação da UFBA (2002), ingressou por concurso, em 2009, na Universidade Federal da Bahia onde é, atualmente, Professor Associado do IHAC – Instituto de Humanidades, Artes e Ciências da UFBA e professor permanente do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (UFBA), do qual foi coordenador entre 2010 e 2012. Entre 1982 e 1993, viveu em Moçambique, onde exerceu o cargo de Diretor Financeiro da estatal TDM – Empresa Nacional de Telecomunicações de Moçambique. Retornando ao Brasil, integrou a equipe de governo da Prefeita Lídice da Mata. Entre 1993 e 2001, desempenhou atividades docentes e de coordenação acadêmica na Unifacs. De 2002 a 2005, atuou no Ministério da Cultura como Assessor Especial do Ministro da Cultura, Gilberto Gil, e exerceu, também, o cargo de Secretário Nacional de Políticas Culturais. Em 2006, ingressou por concurso na recém criada UFRB – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia onde desenvolveu atividades docentes e, também, exerceu os cargos de Superintendente de Programas sobre Cultura e Desenvolvimento do Recôncavo da Bahia e de Assessor para Assuntos Internacionais. Entre 2009 e 2011, foi membro do Conselho Estadual de Cultura da Bahia. Membro do CULT – Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (UFBA), desenvolve pesquisas sobre economia da cultura e, especialmente, no campo dos estudos da festa, com ênfase no carnaval. Autor de diversos artigos e ensaios publicados em livros, periódicos, revistas e jornais, organizou o livro “Casa do Carnaval da Bahia” (2018) e, em conjunto com outros pesquisadores, as obras “Cultura, desenvolvimento: perspectivas políticas e econômicas” (2011), “Dimensões e desafios políticos para a diversidade cultural” (2014) e “Diversidade Cultural: políticas, visibilidades midiáticas e redes” (2015).
 

» CURRÍCULO LATTES