PERFIL

João Carlos Salles

MINI-CURRÍCULO

Licenciado em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia (1985), Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1992) e Doutor em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (1999), é atualmente professor titular do Departamento de Filosofia da UFBA, no qual passou a lecionar em setembro de 1985, nele ingressando por concurso em 1990. Foi Chefe do Departamento de Filosofia (1999-2001), Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Filosofia (2001-2006 e 2008-2009), Coordenador de Pesquisa da UFBA (2006-2008) e Diretor da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (2009-2014). Desde agosto de 2014, exerce o cargo de Reitor da Universidade Federal da Bahia. Entre outros livros, publicou A Gramática das Cores em Wittgenstein (2002), O Retrato do Vermelho e Outros Ensaios (2006), O Cético e o Enxadrista: Significação e Experiência em Wittgenstein (2012), Filosofia, Política e Universidade (2016) e A Cláusula Zero do Conhecimento: Estudos sobre Wittgenstein e Ernest Sosa (2017). Também restabeleceu e traduziu o texto das Anotações sobre as Cores, de Wittgenstein, publicado em edição bilíngue pela Editora da Unicamp, em 2009. Sua experiência na área de filosofia volta-se, sobretudo, na perspectiva da epistemologia e da filosofia da linguagem, para a história da filosofia moderna e contemporânea, com ênfase no empirismo clássico e na obra de Ludwig Wittgenstein, bem como na obra de Ernest Sosa. Desenvolve assim a pesquisa "Conhecimento, certeza e verdade: Wittgenstein e a virtue epistemology", com bolsa do CNPq, tendo coordenado, de 2010 a 2016, o PRONEX Filosofia e Ciências (FAPESB/CNPq), associado à pesquisa atual e a projetos de pesquisa anteriores. É membro titular fundador da Academia de Ciências da Bahia (a partir de 2011) e membro da Academia de Letras da Bahia, na qual, eleito em 2014, ocupa a cadeira 32, cujo patrono é o cachoeirano André Pinto Rebouças. Além disso, é líder do Grupo de Pesquisa do CNPq Filosofia Moderna e Contemporânea, ao qual se vincula o Grupo de Estudos e Pesquisa Empirismo, Fenomenologia e Gramática (http://www.efg.ufba.br), em funcionamento regular desde 2000. E, tendo sido por dois mandatos presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia (ANPOF), de outubro de 2002 a dezembro de 2006, preside desde 2013 a Sociedade Interamericana de Filosofia (SIF).

 

» GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISA EMPIRISMO FENOMENOLOGIA E GRAMÁTICA


» CURRÍCULO LATTES